sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Dorgas, parei. Agora sou fazendeiro.